Eu, Cordeona – Marcelinho Nunes


12º Cante Uma Canção em Vacaria – Vacaria – RS – 2020.

EU, CORDEONA

Letra: Giovani “Dôdo” Gonzales
Melodia: Marcelinho Nunes
Intérprete: Marcelinho Nunes

Eu sou o silêncio que paira no vento
Eu fui o alento para a solidão
Fui de voz romance distância e saudade
Fui campo e cidade na mesma canção

Andei no silvido de algum peão de campo
Que assim por encanto “tiflou” pela estrada
Minha voz andejou no lombo do vento
Eu presa nos tentos virei madrugadas

Eu sou a cordeona a dos mil amores
Pois muitos cantaram comigo também
Eu sou o silêncio lembrança e saudade
Da outra metade que foi mais além

Já Fui lua inteira pra os bailes lá fora
No embalo das horas já fui maestrina
Também fui festejo num posto de estância
Além da distância em rádio de pilha

Eu sou ida e volta Silêncio em madeira
Fui a vida inteira de um tocador
E guardo em meus tentos a alma mais santa
Da rouca garganta do bugre Cantor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: