Mula Veiaca – Rogério Melo


12º Cante Uma Canção em Vacaria – Vacaria – RS – 2020.
Composição premiada pelo Melhor Tema Campeiro.

MULA VEIACA

Letra: Evair Gomez
Melodia: Juliano Gomes
Intérpretes: Rogério Melo

Quê mula braba, cada vez que encilho ela!
Se atira na cancela querendo me derrubar
Encosto a cincha e arrodeando larga um coice
Os cascos são uma foice querendo me estropear!

Pego o fiador, ligeiro e já me estribo
De mango já prevenido e cutuco pra ela tranquear
Afirma o passo, murcha orelha me cuidando
“Os barbudo” amadrinhando, não podem facilitar!

Quê mula braba, se arrasta escondendo o toso
Bota o dente num cachorro e pateia o outro de trás
Mula veiaca, chega tranqueando e se nega
Espora, mango e não se entrega, é dura pra endireitar!

Pelego grande, bem estribado e ao tranquito
Não posso nem armar um pito que inventa de se negar
Tem vez que anda troteando que é uma balança
Mete y mete e não se cansa, dá gosto até de encilhar!

E vez por outra vem troteando num embalo
De vereda abre o tarro, morde a bota, corcoveia
Pelas “oreia” canta o mango, levo os ferro
Rodopiando abre o berro, quê mula que veiaqueia!

Não aguento mais, já me traz acalambrado
Botou balda “nos cavalo”, ensinou a matrerear
Não cruza taipa, roceira pra abrir porteira
No Posto da Pitangueira ninguém quer mais encilhar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: