Feito Um Cavalo de Tiro – Fabiano Bacchieri e Raineri Spohr


11º Acampamento da Canção Nativa – Campo Bom – RS – 2013.

FEITO UM CAVALO DE TIRO

Letra: Helvio Casalinho e Eduardo Muñoz
Música: Raineri Spohr e Pablo Estima
Intérpretes: Fabiano Bacchieri e Raineri Spohr

Quando a vida nos leva
Feito um cavalo de tiro
A alma deixa os pertences
Campeando o ar que respiro…
Coragem pra ser julgado
Por quem mal sabe a razão
Nos cascos as ferraduras
Abrandam pedras do chão…

De certo aquele rincão
Seria pouso pra o mate
Ainda que algum embate
Morasse dentro de mim…
Como deixar a semente
Por um sonho mais distante
Sem saber se logo adiante
Seria tão certo assim!

Quem traz consigo um amigo
Seja de tiro ou por diante
Sabe que a força de um taura
Às vez não é o bastante…
Que até na folga do lombo
Pra não perder o tenteio
A cavalhada de muda
Vai “repontando” o ponteiro!

A tropa não sente o peso
Que molda a lã do baixeiro
Não masca freio e poeira
Nem vai costeando os “matreiro”…
Por isso que não se entrega
Mesmo na longa jornada
Escreve sua trajetória
Só num sentido da estrada…

Quem muda o pingo da encilha
Quando no más se desgasta…
Transforma em gesto de adeus
O que o olhar não disfarça…
E se apercebe no tempo
Ninguém vai longe sozinho
Por certo cansa o cavalo
Sem ter findado o caminho!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s