Gana Missioneira – Valdomiro Maicá


2º Chimarrão da Canção Missioneira – Coronel Bicaco – RS – 1984.
Composição que conquistou o Segundo Lugar.

GANA MISSIONEIRA

Letra: Nilo Bairros de Brum
Música: Valdomiro Maicá e Cenair Maicá
Intérprete: Cenair Maicá

Esta gana missioneira que carrego inteira, dentro do meu peito,
Me faz caudatário de um rio que volta para o velho leito.
O mate que cevo pra sorver solito quando o sol se vai…
É a seiva bugra da terra vermelha do Alto Uruguai.

Eu sou missioneiro, nasci para a liberdade,
Mas aqui finquei meu rancho pra nunca mais ter saudade…
Sou herdeiro de Sepé, retemperado na guerra,
Se preciso, tranco o pé pra defender minha terra.

Hay os que se perdem por perder raízes que não acham mais…
Hay os que se encontram por voltar as fontes de seus ancestrais.
As encruzilhadas parecem caminhos a se afastar
Quando na verdade são pontos de encontro pra quem quer voltar.

Eu sou missioneiro, sei de bailes e potreadas,
Também sei de mutirões no cabo liso da enxada…
Por saber tudo o que sei, me sinto bem a vontade,
Sempre pronto a defender terra, honra e liberdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s