Vaneirão da Mal Costeada – Adriano Posai e Alexandre Ramos


5ª Sapecada da Serra Catarinense – Lages SC – 2005.
Melhor Tema Campeiro dessa edição da Sapecada.

VANERÃO DA MAL COSTEADA

Letra: Rogério Villagran
Música: Rogério Villagran
Intérprete: Adriano Posai e Alexandre da Silva

No chamarreio da “bandona” mal costeada,
Peço a bolada da mais “veiaca” do lote.
Se a mim me toca, que o resto se “leve a bréca”,
Depois que seca o primeiro suor do trote.

Quebro na testa meu sombreiro de aba larga,
Arrasto a carga bem pra o meio do salão,
Levo ‘os encontro’, ali, num grito de “solta”,
Buscando a volta deste baita vanerão!

Ali o Medeiros, que da farra é testemunho,
Afirma “os punho nas costela” do “bandoneo”…
E a mal costeada diz que um eito é muito pouco,
E que eu sou louco, e tenho parte com o demônio!

Levo na cincha esta madtreira que se joga,
Coiceando a soga que castiga na virilha…
Procuro ‘as unha’ e deixo, no más, que se torça,
Pois faço força é bem o meio da forquilha.

Eu sou crioulo do “Passo do Reculuta”
E lida bruta não me assusta neste embalo,
Já “relampiado e com o zóio” virado em brasa,
Se derem vaza, eu entro e danço de a cavalo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: