Indagação – Cristiano Quevedo


9º Ronco do Bugio – São Francisco de Paula – RS – 1995.

INDAGAÇÃO

Letra: José Carlos Batista de Deus
Música: Frutuoso Luiz de Araújo
Intérprete: Cristiano Quevedo

Nasci num fundo de campo (te falo de grota),
Tive um galpão por meu lar.
Em vez de aprender a ler,
Aprendi a ginetear (ofício que trago)!

Entre os bastos e barrancos
Me fiz homem muito cedo
E sempre gastei meus cobres
Nas noites do chinaredo!

Quem vive essa lida osca
Entre alambrados e esquila,
Carrega dois corações
Que são a estância e a vila!

Se me arranchei nos arreios (meu trono gaúcho),
Foi pra sustentar meu vício:
Canha pura e fumo bueno
E ‘as moça’ do Meretrício (quaje todos os dias)!

Quando rumeio pra o povo,
O mulheriu nunca falha,
Peço que Deus não me ajude,
Pois se ajudar me atrapalha!

Que lindo fazer querência (minha pátria campeira)
Na vastidão do meu pala,
Tirando todas as “cósca”
D’uma crinuda baguala (florão do meu pago)!

Por isso é que pergunto
Para os tentos do meu catre:
Quem sabe troco os pelegos
Pelo calor de um alcatre?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: