Feito Dessas Coisas Lá de Fora – Jari Terres e Gustavo Teixeira


11º Acampamento da Canção Nativa – Campo Bom – RS – 2012.

FEITO DESSAS COISAS LÁ DE FORA

Letra: Xirú Antunes
Música: Zé Renato Daudt
Intérpretes: Jari Terres e Gustavo Teixeira

Sempre uma copla me chega assim,
com jeito simples de campo e mel,
que adoça a alma, olfateia pão,
“vidalera copla”,
das índias tardes do meu rincão.

Sempre um recuerdo vem junto dela
amarelado de luz e de céu,
de brisa suave, de mato e pitanga,
do vidro da sanga,
sagradas memórias do meu velho chão.

Sempre que posso, remexo os “recuerdos”,
de couro, pelego, cacimba e galpão,
de pedra, silêncio, potreiro e mangueira
cabresto e espora,
saudosa do abraço nos meus “garrão”.

Porque sou feito dessas coisas lá de fora,
daquele barro que a mangueira sova,
daquele apojo que inaugura a aurora,
do galpãozito ainda mesclado de velhas históias…

Quase sempre de alma branca me vou,
me vou sem os ruflos de matéria,
esboçando a semeadura de um poema,
de saudade mansa, que por vezes, enfumaça,
as noites morenas deste coração.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: