Tão Bela Flor Queromana – Luiz Cardoso


23ª Vigília do Canto Gaúcho – Cachoeira do Sul – RS – 2013.

TÃO BELA FLOR QUEROMANA

Letra: Diego Müller e Leonardo Borges
Melodia: Luiz Cardoso
Interpréte: Luiz Cardoso

Tão bela flor – Queromana – daquele rancho barreado,
De onde eu cruzo com as “tropa”… e me sinto todo arrepiado!…
– Olhar de fronte ao destino, na moldura da janela,
Com floradas no vestido… onde tu é a flor mais bela!

Fiz um verso que as estradas consumiram, junto aos ventos…
…Querendo assim te lembrar, no mais guapo sentimento!…
– Tinha algo de tempo antigo, nada dos versos de agora:
Com aura de campo largo e um fulgor de linda aurora!…

Tão bela flor – Queromana – Queromana, lá de fora…
Traz olhares de lua cheia, das que sai e se “ademora”!…
Pele clara – alma de sanga – bergamota junto aos lábios:
Calmaria e tempestade na cacimba dos ressábios!

Até sonhei com un pichón, em chanzas junto ao terreiro,
Com um cavalinho-de-pau, que pensa que é um baio oveiro!…
– Mas nunca disse o que penso, falta coragem templada…
…Queria um baile-de-rancho pra te pedir: namorada!

Tão bela flor – Queromana – tão bela flor, é verdade…
Quem sabe teu sonho moço adoce a minha ansiedade!?…
– O meu flete pensamento se aquerenciou junto a ti,
Desde a vez que um buenas tardes dos teus lábios recebi!

E dos versos que componho, sobre as horas de arreio,
Vou moldando do meu jeito a cada volta que apeio!…
…Algum dia de sol manso – depois de redemoneado –
Te entrego, pra o teu capricho, bem sujeito… e arrocinado!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s