Gaitita – Ivonir Machado e Os Garotos de Ouro


4ª Coxilha Nativista – Cruz Alta – RS – 1984.
Composição que recebeu o troféu “Pepe” pelo Quarto Lugar.

GAITITA

Letra: Cigano
Música: Juliano Trindade
Intérpretes: Ivonir Machado e Os Garotos de Ouro

O meu primeiro cambicho
Não petiço, nem prima
Era reiuna de venda
Chamarisco de cantina

Bulida na pulperia
Para sinuelo de rima
O meu primeiro cambicho
Não foi petiço, nem prima

Juntei osso, fiz mandado
Promessa pra bodegueira
Pra ter a choramingona
Que hoje é minha parceira

Passava tardes inteiras
Garroteando a baixaria
Um bugio meio filhote
Tafoneiro, perseguia

Tirando manhas do fole
Me formei em picardia
Passava tardes inteiras
Garroteando a baixaria

Hoje de rédeas caídas
Não há quem mais me compreenda
Esta gaitita faz parte
Do piá campeando legenda

Tagarelando atrevida
No sarandeio da prenda
Esta gaitita faz parte
Do piá campeando legenda

Quero que Deus me permita
Ver um netinho porqueira
Munhecando esta cordeona
Falquejando uma vaneira
Amanunciando raízes
Na querência missioneira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: