Faca Afiada – Ângelo Franco


8º Canto de Luz – Ijuí – RS – 2019.

FACA AFIADA

Letra: Gujo Teixeira
Melodia: Zé Renato Daudt
Intérprete: Ângelo Franco

Estamos sempre de olhar atento
Somos da terra, somos verdade
A mesma mão que segura a flor
Firma uma faca, por liberdade!

Temos Querência na nossa voz
Mesmo calada canta o que sabe!
De alma leve, pilcha de luxo
Não visto um sonho que não me cabe!

Faca afiada, corta na carne!
Depois descansa pela bainha…
Toda palavra que é dos outros
Se for verdade, também é minha…

Faca afiada, com fio de pedra
Sabe da mão que lhe empunha o cabo.
Embora a prata durma em seu corpo
Não perde o tino de espinho brabo!

Somos do bem, de mates e prosas
Das tradições do nosso lugar.
Mas quando a noite me cega a vista
sangue nos olhos, se precisar…

Vou defendendo meu pensamento
Genuíno e simples me reconheço.
Sei que tem coisas que têm valor
E outras, que apenas botaram preço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: