Valsanejariando – Sérgio Rojas


40ª Califórnia da Canção Nativa do RS – Uruguaiana – RS – 2017.

VALSANEJARIANDO

Letra: Carlos Nejar
Melodia: Sérgio Rojas
Intérprete: Sérgio Rojas

Nunca se chega ao fruto
Sem antes ser a semente.
É o tempo que vem vindo,
No alazão, correndo rente.

O homem na terra é pobre
Se um sonhar não ilumina.
Cada relincho é um acorde
De um violoncelo de crinas.

Eu vi as pernas do tempo
Pulando o aramado do vento.
Eu gosto tanto do vento
Que nele quero ser enterrado.
O amor é como um grito
Que não pode ser calado.

O mundo é meu país,
O mundo é o meu tempo.
Sei que posso remendar a chuva
E coser botões do vento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: