João Campeiro – Os Angüeras


1ª Califórnia da Canção Nativa do RS – 1971

Letra: Aparício Silva Rillo
Música: José Lewis Bicca
Intérprete: Os Angüeras

João campeiro, João campeiro…
É como um grito de reponte que levasse
Um boi na tropa e não o homem que foi João

E no entretanto no reponte deste grito
O João campeiro vai sumindo, já se foi
Ele que outrora repontava o boi na estrada
Vai ao reponte estrada, a fora, igual ao boi

Ninguém tem culpa, João, ninguém…
…Ninguém tem culpa, João ninguém
Teria que ser assim, tudo que nasce um dia tem fim

Semente boa que deu flor e que deu fruto
Planta do campo que deu sombra e que há de dar
O derradeiro galho seco para o fogo
Onde o João novo que nasceu vai se aquentar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: