Fandanguinho Não, Fandangaço – David Menezes Júnior


6ª Coxilha Nativista – Cruz Alta – RS – 1986.
Composição premiada como Música Mais Popular.

FANDANGUINHO NÃO, FANDANGAÇO

Letra: Nilo B. de Brum
Música: Luiz Bastos e Maria Luiza Benitez
Intérprete: David Menezes Jr.

Tava quase todo mundo
neste fandango de lei,
entre prendas e gaudérios
a proporção eu não sei,
mas até gaúcho gay
desfilou pelo salão,
de bombacha cor-de-rosa
e tirador de fustão.

Sobrava gaita e gaiteiro
no baile da gauchada,
o Antão e o Porca Véia
bulinando a pianada,
às vezes, pediam cancha
pro Orides e o Borghetti,
que provocavam desmaios
entre prendas e tietes.

Oitavados no baldão,
tocando trago de canha,
tava o João de Almeida Neto,
mais o Jayme e o Saldanha,
entrou o Nico Fagundes,
já veio de cara cheia,
gritando pro macheriu:
baile que é bom, tem peleia!

Num concurso de bigode
entre o Bagre e o Paixão,
que foi dado por empate,
começou a confusão:
os Fagundes protestaram
contra o voto dos jurados,
alegando que o bigode
do Paixão tava dopado.

A Marilene Xirua,
aproveitando o ilheio,
“passou” no David Menezes
uma sumanta de “reio”,
o Thomaz que é um índio gorsso,
mas não gosta de querela,
tentando fugir do talo,
se entalou numa janela.

Todo de branco, o Deniz
pedia orem na sala,
reclamando que a Malu
tava em pêlo, só de pala,
o Zé Cláudio é um índio maula,
se atracou no Dorotéo,
que dançava com a Marlene,
de espora, mango e chapéu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: