Zé Mendes Tá Vivo – Jorge Freitas e Rico Baschera


9º Cante Uma Canção em Vacaria – Vacaria – RS – 2014.
Composição vencedora do Festival, além de também conquistar o prêmio de Música Mais Popular. Prêmios de Melhor Intérprete e Melhor Intrumentista foram entregues aos músicos Jorge Freitas e Luizinho Correa. O Dionísio Costa, grande letrista do Rio Grande, recebeu o troféu “Origens”, como destaque do festival.

ZÉ MENDES TÁ VIVO

Letra: Dionísio Costa
Música: Rico Baschera
Intérprete: Jorge Freitas e Rico Baschera

No clarão da lua, no verde da planta
No amor de quem canta as coisas da terra
Nas águas da sanga, no gado pastando
Na geada branqueando os campos da serra

Em qualquer paisagem da vida mais pura
A nossa cultura tem vulto e tem voz
Porque o Rio Grande jamais lhe esquece
E o “Zé” permanece cantando pra nós.

O Zé não é lenda, é mais que um retrato
Existe, de fato, e está por aqui
Pois quem tem a alma vivendo entre o povo
Renasce de novo pra sempre existir

O Zé não é mito, nem recordação
É mato e é chão do pago nativo
Enquanto houver quem respeite a história
Mantendo a memória, Zé Mendes tá vivo

O sopro do vento e um bater de patas
Rondando as cascatase que choram com balda
É o picasso velho refeito do tombo
Levando no lombo o cantor da Esmeralda

No céu colorido no final do dia
Na doce harmonia das aves canoras
Tem o Zé cantando com a natureza
Mandando a tristeza pra sempre ir embora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: